Bancada do Cosme

Para mostrar, discutir, imaginar, tudo sobre bancadas de trabalho em marcenaria
Avatar do usuário
Pedro Fritsch
Mensagens: 499
Registrado em: 06 Abr 2015 12:50
Localização: Caçador-SC

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor Pedro Fritsch » 22 Abr 2015 16:32

Realmente, ficaria bem na sala, eu teria dó de usar essa obra de arte.
Não tem nenhuma empresa na sua cidade que tenha lixadeira de rolo com 3 lixas?
Iria complementar seu trabalho, o acabamento fica ótimo.
Avatar do usuário
paulobro
Mensagens: 3384
Registrado em: 13 Jun 2011 05:27
Localização: Porto Alegre / RS
Contato:

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor paulobro » 22 Abr 2015 18:20

Sem qualquer duvida: ficou esplendido, Cosme. :o

Efusivos parabens!

:clap: :clap:

___________
Quanto ao acabamento, Pedro Fritsch, talvez interessante a (hoje) ultima postagem do Jameel Abraham no seu blog, onde relata que depois de sete anos ele retificou o tampo de sua bancada Roubo construida em 2008.

O detalhe: la pelas tantas, ele recomenda "traverse, and walk away". Ou seja, retifique o tampo plainando 'de lado', nao 'ao comprido' mas ao traves dos veios com uma plaina com lamina levemente cambada. E deixe a superficie ficar levemente denteada, porque assim a peca trabalhada fica melhor sujeita, nao desliza.


Quanto a mim, penso que o jeito certo e' o jeito que a gente faz, e gosta de fazer...
Avatar do usuário
Rmon
Mensagens: 1162
Registrado em: 21 Jun 2011 09:13
Localização: Valinhos-SP
Contato:

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor Rmon » 23 Abr 2015 08:41

Cosme sem duvida ficou espetacular!!
:pray: :pray:
Rmon.
Avatar do usuário
Pedro Fritsch
Mensagens: 499
Registrado em: 06 Abr 2015 12:50
Localização: Caçador-SC

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor Pedro Fritsch » 23 Abr 2015 12:34

¨Quanto a mim, penso que o jeito certo e' o jeito que a gente faz, e gosta de fazer...¨



Só quis ajudar, não está mais aqui quem falou...
Avatar do usuário
paulobro
Mensagens: 3384
Registrado em: 13 Jun 2011 05:27
Localização: Porto Alegre / RS
Contato:

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor paulobro » 23 Abr 2015 13:46

Nao tive qualquer intencao de criticar sua sugestao, Pedro Fritsch. Ate porque, sim, ja li consideravel numero de autores na Rede recomendando o uso de lixadeiras de rolo para aplainar topos de bancada, se disponiveis. Alias, lendo o blog mencionado e' possivel ver que o autor recomendou originalmente um acabamento fino para o tampo da bancada mas que agora mudou de ideia.

A intencao foi apontar que mais das vezes nao ha um unico jeito de fazer alguma coisa, que nao raro mesmo jeitos opostos tem, cada um, suas vantagens. Acabamento aspero ou liso no tampo de uma bancada e' apenas um exemplo; nem um esta certo, nem um esta errado, e' questao de como cai no gosto, e no uso. Por isso, entao, e' que entre opcoes como acabamento aspero ou liso, tampo absolutamente plano ou mais ou menos plano, com acabamento ou sem acabamento e por ahi afora, eu disse que eu acho que o jeito certo e' o que a gente faz, e gosta de fazer.
Avatar do usuário
Lauro
Mensagens: 3410
Registrado em: 22 Jun 2011 19:19
Localização: São Paulo-SP

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor Lauro » 26 Abr 2015 19:40

Que beleza Cosme :clap: :clap: :clap: . Até parece inteiriço, de tão boa que ficou a colagem. Parabéns e abraços!
Lauro.
Avatar do usuário
Marcos Leitão
Mensagens: 602
Registrado em: 21 Nov 2012 10:03
Localização: Niteroi/Rio de Janeiro
Contato:

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor Marcos Leitão » 26 Abr 2015 20:08

Eu acho sacanagem o cara usar um desengrosso de 80cm e depois falar que "aplainou" na mão usando plaina manual... sacanagem.

hehehehehehe
Marcos Leitão
Niterói/Rio de Janeiro
www.tapelink.com.br
Avatar do usuário
cosme
Mensagens: 847
Registrado em: 05 Jan 2015 23:47
Localização: Petrópolis [RJ]
Contato:

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor cosme » 27 Abr 2015 16:08

Valeu Guido, pode deixar que vou cuidar muito bem dela.... na oficina :grin:
Aproveitando, um pedaço pequeno de compensado sobre a bancada já é uma baita proteção. Já fiz furo, serrei e usei formão e as mazelas ficam só no compensado, uma beleza.

Obrigado pelo elogio Pedro, apareça mais vezes por aqui.
Então, eu evito as ferramentas elétricas na minha marcenaria. Em específico, não sou um apreciador de lixas, pelo contrário. Gosto muito do acabamento proporcionado pelas lâminas: plainas e raspilhas(ainda uma novidade para mim). De todo o modo, a lixa tem o seu importante espaço no meu fluxo. Há algumas tarefas que a lixa tem sido a melhor opção, ao menos por ora. Você levantou uma abordagem interessante para o aplainamento. Já vi relatos de retificação de tampos usando lixadeira de cinta.

Obrigado Paulo, o seu retorno é contagiante.
O post é muito bom, foi bem interessante ler um ponto de vista em detalhes sobre o trabalho de retificação do tampo logo após a conclusão do plano superior do segmento principal do tampo da minha bancada. Eu observei na prática o quanto um encanoamento atrapalha o desempeno com peças finas. Fiquei contente ao ler que o autor coloca uma subjetividade nos 2mm de empeno. Pelo que vejo os meus 0,33mm de margem parecem um preciosismo, melhor assim do que o oposto. Muito interessante a observação sobre a relação entre o empeno e o "end cap". E sim, tampo claro é uma beleza. Eu que o diga com este Jequitibá em seu estado atual. Inclusive, no domingo notei que ao aplicar duas camadas de Tungue em uma pequena peça de Jequitibá, a coloração escureceu bem. Talvez o óleo ainda estivesse muito molhado? Talvez. Veremos. Por ora vou manter o meu tampo sem acabamento por este e outros motivos.

Obrigado pela visita e pelo retorno Rmon.

Valeu Lauro, fiz o que estava ao alcance para deixar a laminação a melhor possível em sua junção.

Leitão escreveu:Eu acho sacanagem o cara usar um desengrosso de 80cm e depois falar que "aplainou" na mão usando plaina manual... sacanagem.

:laughing-rolling:

Para começar a usar logo o tampo para desempenar as minhas peças, eu tratei logo de providenciar um acessório para ajudar a travar uma peça sem a necessidade de mudar nada no tampo. Afinal de contas o que não quero neste momento é tomar uma medida precipitada sem antes avaliar bem o que vou fazer: quantos furos de 3/4? furos redondos ou quadrados? onde furar? qual broca usar com o arco de pua? e etc Neste sentido, a idéia compartilhada pelo Paulo que é demonstrado no vídeo abaixo foi uma ótima pedida:
https://www.youtube.com/watch?v=WNrof3cd1cA

Imagem
Eu tinha um pequeno sarrafo em Peroba já aparelhado e achei que poderia ser uma boa por ser uma madeira resistente e fazer um contraste com o tampo. Aproveitei a oportunidade para exercitar o acabamento: grosa para os cantos arredondados, acabamento pré-óleo na plaina com lâmina recém afiada, um furo de 1/4 para pendurar futuramente em... algum lugar, e, uma demão de óleo de tungue diluído em thinner 50/50.
Sim, trava que é uma maravilha, valeu Paulo 8-)

Desempenar uma aresta nunca foi tão eficiente até então. A bancada está tão plana que ela mesmo serve como um shooting board, uma beleza:
Imagem
Na fotografia um pedaço de Ipê para um projeto em andamento.

[]s
Cosme
http://ricardocosme.com

"If you're going to do it, do it well."
-- Frank Klausz
Avatar do usuário
paulobro
Mensagens: 3384
Registrado em: 13 Jun 2011 05:27
Localização: Porto Alegre / RS
Contato:

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor paulobro » 27 Abr 2015 17:21

A proposito de shooting boards, Cosme, como gostas de precisao da uma espiada na Super Chute Colletion do Tico Vogt:

http://www.vogttoolworks.com/

Talvez te inspire...
Avatar do usuário
sergiomontanha
Mensagens: 86
Registrado em: 07 Jan 2015 10:57

Re: Bancada do Cosme

Mensagempor sergiomontanha » 05 Mai 2015 09:10

Belíssimo trabalho Cosme! Sem comentários. Teria dó de usar uma peça tão bonita. :bow-yellow: :clap:

Um grande abraço,
Sérgio.

Voltar para “Bancadas”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante