Crise, que crise?

Off topics, astrologia, metafisica, física, educação física, matemática, charadas, História, histórias, borboletas... Qualquer coisa que possa lhe parecer interessante mas que não se adeque aos tópicos existentes.

Threads persistentes poderão gerar sub-fóruns e, eventualmente, ir ocupar uma peça na casa. Postagens impertinentes poderão ser deletadas.
Avatar do usuário
cosme
Mensagens: 885
Registrado em: 05 Jan 2015 23:47
Localização: Petrópolis [RJ]
Contato:

Re: Crise, que crise?

Mensagempor cosme » 21 Fev 2016 21:53

jedi.wood escreveu:Esse aspecto de tema principal, apesar de óbvio, não é abordado nO Mais:

Propositalmente. Sala destinada aos assuntos secundários que mencionei. "A recreação"
Tema principal refere-se a casa. Este espaço (fórum) existe em primeira ordem para se discutir Madeira, o resto é secundário por aqui. Sendo resto não significa não ser importante em nossas vidas e que não mereça espaço e nem tão menos nossa energia em publicar "o resto". Mas, sob o conceito do fórum, é resto. Por si só não se sustenta.

jedi.wood escreveu:O limite entre posts sobre assuntos diversos é bastante difícil de identificar. Quantas participações sobre Marcenaria temos que efetuar para ter direito a falar sobre outro tema ? :lol:

Não há limite. O conceito e prática da intervenção mínima por parte da moderação implica querendo ou não no bom senso, algo por si só difícil de se usufruir em qualquer comunidade.
Direito há sempre e espero que continue. A passagem do comandante inclusive foi clara no sentido de que isto não é gratuito. Comportamento muito abaixo do esperado é caso de rever as práticas... Obviamente o direito de todos pode ser comprometido. Afinal de contas há reação para tudo. Por aqui se preza a reação de menor esforço e impacto.

Vamos todos saber usar a liberdade que temos aqui. Aplicar o bom senso dentro das nossas capacidades em gerenciar o fluxo de assuntos postados. Um usuário pode postar diariamente e acumular em meses 95% de postagens em assuntos que nada tem a ver com Madeira. Uma quantidade insignificante de postagens devidas ao tema do fórum. Sinceramente não acho isso normal. Penso que é uma caso de reflexão se a participação não deveria ser em um espaço exclusivo a assuntos gerais ou até afinado com boa parte do conteúdo da fatia dos 95%.
Não vejo e espero não ver o exemplo que acabei de citar aqui no Madeira. Isso é o que me refiro. Algo simplesmente completamente fora do bom senso esperado.

jedi.wood escreveu:O Paulo abordou a questão sobre a diminuição de tópicos sobre Marcenaria ..

Será que todos estão com tempo pra produzir, fotografar, redimensionar, organizar e postar tópicos ? Não é época de férias ? Eu, por exemplo, fiz bastante coisa mas só vou publicar depois que acabarem as minhas férias. Não consigo acreditar que o pessoal ia se mixar por tão pouco. :naughty:

[]

Enrustindo postagem né :lol:
Certamente cada um tem um tempo bem distinto que pode destinar as tarefas mencionadas, sem dúvida.
De todo o modo, penso que incentivar um ócio no Madeira próximo ao assunto principal é algo bem interessante.
Veja, eu estou distante a 7 dias do meu espaço. Além de tarefas da administração, alguns comentários em postagens de outros membros e nada mais. Da mesma forma que eu tiro um tempo para ler o jornal acho que poderia tirar alguns minutos para buscar algo de interessante e compartilhar aqui. Aliás, atitude que vejo de forma regular por parte do Paulo. Uma autocrítica que creio ser interessante compartilhar. Novamente, sem obrigações, formatos, limites e essas coisas chatas.

Em suma, seguir a sua vontade sem perder de vista o bom senso. Em se tratando de debater e discutir assuntos sensíveis, é observar a temperatura do ambiente.

Fica à vontade Jedi! :)
http://ricardocosme.com

"If you're going to do it, do it well."
-- Frank Klausz
Avatar do usuário
Branco Leone
Mensagens: 1384
Registrado em: 23 Dez 2015 18:17
Localização: Duas Cidades - SP
Contato:

Re: Crise, que crise?

Mensagempor Branco Leone » 21 Fev 2016 22:17

cosme escreveu:Alguma dúvida? Podemos pular de fase ou está difícil?
Longe de mim querer que a fase perdure, mas preciso dizer algumas coisas.
Vou me esforçar para ser sucinto. O que, de antemão, duvido.



Pra mim, o Madeira tem sido o lugar perfeito para falar e ouvir de marcenaria, desde os membros divertidos e interessantes, até o tema principal (mas não único) do fórum, passando pela inteligência da direção (refiro-me apenas ao PauloBro e ao Cosme, pois não sei se a 'Cúpula' tem outros membros) e pelo "caldo de liberdade" em que esses ingredientes são cozinhados. Mas não fosse pelos dois últimos ingredientes, eu não estaria aqui, pois gente interessante que fala de madeira se encontra aos montes em qualquer vizinho. Mas só isso não me basta, eu preciso mais.

E é exatamente por isso que tremo ao ler o que destaco abaixo:
paulobro escreveu:Nao temos regras, e esperamos continuar sem te-las.
Mas se necessario a qualquer momento e sem mais avisos as teremos. Tenham certeza disso. E serao rigidas, e serao cumpridas, e ninguem — repito, tenham certeza disso — ninguem vai gostar.
Sim, tremo.
Não de medo de ser atingido por eventuais novas regras, mas por desprezá-las no seu âmago, na necessidade de tê-las, no norte que elas me obrigam a seguir.

Pouca coisa me irrita mais que ler o Guido dando manivela na aporrinhola, falando mal do Brasil e/ou dos brasileiros. Já discuti com ele, jamais quis fazer valer meu ponto de vista como verdade (isso é uma vantagem da 'prática' que um anarco-socialista adquire por nunca ser levado a sério :lol: ), e já conversamos por MP, deixando mutuamente claro que está (e estará sempre) tudo bem. Todos têm motivo para pensar o que pensam. O Guido é uma pessoa que merece ficar intacta; as asneiras que ele pensa, não! :lol: E um Madeira sem Guidos não me interessa. Um Madeira sem Jedis não me interessa. Um fórum sem multiplicidade não me interessa. Discurso único a gente encontra em qualquer lugar.

Que as discussões terminem porque deram no saco, não porque foram interrompidas. Que os chatos se calem por não ouvirem o eco, jamais por terem sido amordaçados.

Não sei a quem (ou "quens") o Paulo se referia quando escreveu o que destaquei; se a mim, ao Jedi, ao Guido ou a outros. Não sei como ele estava se sentindo. Motivos para irritação, há, sem dúvida. Mas fazer pesar a mão-de-ferro, criando regras e executando-as, acabaria com a saudável Anarquia que temos aqui e, MUITO PIOR que isso, endossaria sandices como esta que ouso reproduzir abaixo:
Ari escreveu:Homens de bem que estejam aqui para conviver conosco, ajudar, contribuir etc, não têm saco para estas discussões idiotas e sem futuro. (...)
Este tipo de comportamento traz então efeitos mais devastadores do que a gente possa imaginar. E a Comunidade perde muito com isso! (...)
Vale a pena manter este tipo de gente entre a gente??? Acho que não.

Não existem "homens de bem". Ninguém ajuda sem interesse. Nenhuma discussão é idiota ou sem futuro. Só existe um tipo de gente.
E se houvesse mais de um tipo, sim, valeria a pena manter todos entre a gente, contanto que todos fossem tratados da mesma maneira e se interessassem (demonstrando seu interesse) por marcenaria.

Era isso.
Pela atenção, obrigado.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Voltar para “O Mais”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante