Lixo ou relíquia ? (eletrônica, não é madeira)

Off topics, astrologia, metafisica, física, educação física, matemática, charadas, História, histórias, borboletas... Qualquer coisa que possa lhe parecer interessante mas que não se adeque aos tópicos existentes.

Threads persistentes poderão gerar sub-fóruns e, eventualmente, ir ocupar uma peça na casa. Postagens impertinentes poderão ser deletadas.
Avatar do usuário
amaschio
Mensagens: 238
Registrado em: 04 Jul 2011 22:14
Localização: Campinas SP

Lixo ou relíquia ? (eletrônica, não é madeira)

Mensagempor amaschio » 01 Out 2017 11:18

Olá a todos,

Em 1980 iniciei uma coleção de revistas de eletrônica, Nova Eletrônica e Saber Eletrônica majoritariamente, e várias outras, avulsas, que não chegam a dezena de exemplares.

Sobre a Nova Eletrônica, me faltam apenas dois números, para mim é relíquia, não pretendo me desfazer.

Sobre as demais, que é basicamente a Saber Eletrônica, tenho praticamente todos os exemplares da década de 80, grande parte da década de 90 e vários, não consecutivos, posteriores.

Sendo bem objetivo e pragmático: do ponto de vista de informação, são agora inúteis. Na época, era fonte preciosa de informação, porque para saber a pinagem de um chip "vagabundo" por vezes ficávamos semanas procurando. Hoje em dia, isso é completamente inútil, um busca no google demora menos que 5 segundos e te dá toda a informação necessária, além de milhares de circuitos com exemplos e modelos prontos para simulação.

Porém, trata-se de uma coleção bem conservada, exemplares todos inteiros e com encadernação perfeita, sem páginas soltas ou sujeiras. Então, como "história", na minha opinião, tem valor inestimável. Não sei o quanto deste "inestimável" é de caráter pessoal, já que trata-se de minha adolescência, ou tem um valor mais "global" para um momento da eletrônica amadora aqui no Brasil.

O fato concreto é que cabem duas posições a respeito:
a) É lixo, joga isso fora !
b) Noooossssssaaaa !!!! Que legal !!! Dá prá mim ?

Estou agora sem espaço para guardar todos estes exemplares, estou me desfazendo. Na avaliação de praticamente todos os que gostam de eletrônica pŕoximos, o assunto é classificado na categoria (a), para mim está na (b).

Se tiver alguém com espaço para receber em doação e que considere também a coleção na categoria (b), considerando que estou em Campinas e a coleção pesa uma barbaridade (envio postal é inviável), aguardarei uma semana para manifestação dos interessados. Não havendo interessados, a classificação "lixo" será compulsória.

Grande abraço
Meta: Serrar, com serrote, em linha reta
Avatar do usuário
Devanil
Mensagens: 247
Registrado em: 29 Jul 2016 10:15
Localização: Indaiatuba - SP.

Re: Lixo ou relíquia ? (eletrônica, não é madeira)

Mensagempor Devanil » 01 Out 2017 12:16

Que coicidência Amaschio. Meu querido pai a algumas décadas após ter sido carpinteiro, interessou-se por eletrônica e começou a comprar e ler tais revistas e livros. Apesar de ter apenas a terceira série do primário, montou uma eletrônica onde cresci lendo tais publicações. Muitas das quais iguais as suas. Lá trabalhamos e ganhamos a vida.
Como sabes, estou aqui ao seu lado em Indaiatuba City, só não buscarei estas relíquias porque para mim servirão de nostalgia... :crying-yellow: abraços.
ELCIO
Mensagens: 418
Registrado em: 29 Nov 2015 10:18

Re: Lixo ou relíquia ? (eletrônica, não é madeira)

Mensagempor ELCIO » 01 Out 2017 20:27

Amaschio: já que você está em Campinas, não tem algum sebo por aí que, eventualmente compraria essa coleção? Talvez existam outras pessoas que, para completar coleção, precisam de números avulsos.
Eu já fiz algumas coleções (aviação, militarismo, história, etc...) e às vezes, ficava procurando números atrasados.
Avatar do usuário
amaschio
Mensagens: 238
Registrado em: 04 Jul 2011 22:14
Localização: Campinas SP

Re: Lixo ou relíquia ? (eletrônica, não é madeira)

Mensagempor amaschio » 05 Out 2017 20:25

Olá, Devanil

Eu também, quando repasso as páginas destas revistas, fica muito melancólico.
Me lembra um tempo bom, mas faz tanto tempo...

Mas faz bem em não vir buscar. No fim, tirando o valor sentimental, é apenas lixo mesmo. Como disse antes, tudo o que está ali está, melhor, mais explicado, mas atualizado, na internet. No youtube, diga-se de passagem, existem uns canais espetaculares de eletrônica, mesmo em português.


Olá, Elcio

Sábado que vem vou levar num sebo, para doação. Mas pelas razões expostas antes, não creio que mesmo o sebo tenha qualquer interesse.
Mesmo num sebo, quem compraria isso?

ps: editei a formatação, usei "quote" ao invés do "bold"
Meta: Serrar, com serrote, em linha reta

Voltar para “O Mais”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes