Da caçamba à... ao...

Onde aprender. E ensinar.
Avatar do usuário
Branco Leone
Mensagens: 1384
Registrado em: 23 Dez 2015 18:17
Localização: Duas Cidades - SP
Contato:

Da caçamba à... ao...

Mensagempor Branco Leone » 18 Jun 2016 19:57

...sei lá, ué!

Domingo passado tive oportunidade de caçambar junto com minha filha. Estávamos indo pra um almoço, vi duas caçambas repletas, mas fiquei quieto.
Na volta, avisei que ia dar uma paradinha, e ela pulou junto comigo.

As caçambas estavam repletas de madeira muito suja e estragada. A maioria, restos de tábuas ainda pregadas em vigotas, tudo cortado a toque de alguma serra mármore, coisa que parece padrão dos desmontadores, de tão frequentemente que se encontra.

A princípio, pelo peso e "rugas da idade", tudo me pareceu Peroba. Quando comecei a limpar, vi que se tratava de Eucalipto MUITO velho.

Imagem

Tinha prego a rodo! Acho que mais de cem em oito peças, e ainda tenho mais uma dúzia de tocos de viga menores, nem toquei neles ainda.

Na foto acima, a peça menor, além de já estar sem pregos, também foi lixada.

Se fosse Peroba, ia virar umas bandejas e tábuas de corte que estou querendo fazer pra dar de presente a um amigo. Como não é, acho que vou fazer uns baldes, uns vasos grandes ou qualquer coisa pra malhar e mais tarde descartar (no fogo, pra adubar a horta), se for o caso.

Muitas partes estão, como se diz aqui, "ardidas". Só vi isso em Eucalipto. Significa que a madeira tem umas partes esponjosas (não consigo melhor descrição) pelo meio daquilo que ainda é madeira dura. Essas partes, na fogueira, demoram absurdamente a queimar, é como se já tivessem sido queimadas (talvez daí o "ardido"). Na foto acima, dá pra ver um pedaço ardido na ponta da peça limpa. Aquela área mais escura é mole, dá pra enfiar ali um palito de dente sem quebrar o palito.

Aceito sugestões. Mas já adianto que a matéria-prima não rende grande coisa.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
ELCIO
Mensagens: 407
Registrado em: 29 Nov 2015 10:18

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor ELCIO » 20 Jun 2016 16:22

Branco: quanto ao uso que você vai dar à madeira, nem ideia.
Minha sugestão é outra: é quanto à limpeza da madeira.
Tempos atrás, achei uns 15 metros de caibro de peroba, que foram a armação de um armário antigo. Esses caibros estavam pintados com tinta (esmalte sintético) e bem pintados (acho que 2 ou 3 demãos).
Como eu não tenho um soprador térmico, comprei uma escova de aço, parecido com esse:
http://www.ferramentaskennedy.com.br/lo ... 5-8-vonder

Eu prendi essa escova na ponta do eixo do meu torninho acerbi (no lugar de prender o esmeril) e limpou de forma bastante rápida a madeira.
Avatar do usuário
sandrozc
Mensagens: 194
Registrado em: 28 Ago 2015 16:47

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor sandrozc » 20 Jun 2016 16:53

Para esmerilhadeira eu uso isso: https://www.ferramentaskennedy.com.br/loja/produto/25/40812/escova-tipo-copo-4-ondulada-com-rosca-vonder, mas faz um furdunço de pó na oficina.



Aproveitando o ensejo, para também pedir opiniões "salvadorísticas":

Eu ganhei 02 pedaços de Eucalipto de um casal amigo que frequentam minha casa, e ele, e a esposa, já me perguntaram 2 vezes o que eu vou fazer com os pedaços de madeira... :confusion-waiting:

Ocorre que tais pedaços são restos de cerca bem acabadas (redondas, todas furadas de prego, e rachadas pelo tempo):
uma torinha de uns 40 cm de comprimento e 12cm de diâmetro,
uma bolacha de uns a 30 de comprimento e outros 30 de diâmetro...

Não vejo muita serventia, a não ser :chores-chopwood: O que faço?
Avatar do usuário
Adenilson
Mensagens: 1591
Registrado em: 27 Mai 2012 17:26
Localização: Tanabi - SP
Contato:

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor Adenilson » 20 Jun 2016 17:20

Faz um jogo americano.. porta copos ou ainda descanso de panelas, corta as bolachas com uns 2 cms de grossura e une elas com alguma coisa

algumas ideias
Anexos
eucalipto2.jpg
eucalipto2.jpg (23.01 KiB) Exibido 748 vezes
eucalipto 3.jpg
eucalipto 3.jpg (52.32 KiB) Exibido 748 vezes
Editado pela última vez por Adenilson em 20 Jun 2016 19:15, em um total de 1 vez.
Viver! E não ter a vergonha De ser feliz
Cantar e cantar e cantar A beleza de ser Um eterno aprendiz...
---------------------------------------------------

http://www.discipulodocarpinteiro.blogspot.com.br
ELCIO
Mensagens: 407
Registrado em: 29 Nov 2015 10:18

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor ELCIO » 20 Jun 2016 19:08

Sandro: alguém no site fez um post da construção de petisqueira com uma bolacha (acho que de eucalipto mesmo).
Você vai precisar de uma serra de fita grande, ou moto-serra para fazer a bolacha (ou então um belo de um serrote)...
E com a torinha fina, dá pra fazer um copo/pilãozinho desses de fazer caipirinha.
Não sei se vai ficar bom, mas quando você for na casa deles, você devolve a cobrança (o que estão fazendo com as peças). Se der sorte, a petisqueira virá sempre cheia de "gordices" e o copo, com uma caipirinha no jeito....
Avatar do usuário
Adenilson
Mensagens: 1591
Registrado em: 27 Mai 2012 17:26
Localização: Tanabi - SP
Contato:

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor Adenilson » 20 Jun 2016 19:17

ops, tem um de 30 de diâmetro... se for eucalipto vermelho da uma bela de uma tigela... tem torno?
Viver! E não ter a vergonha De ser feliz
Cantar e cantar e cantar A beleza de ser Um eterno aprendiz...
---------------------------------------------------

http://www.discipulodocarpinteiro.blogspot.com.br
Avatar do usuário
Branco Leone
Mensagens: 1384
Registrado em: 23 Dez 2015 18:17
Localização: Duas Cidades - SP
Contato:

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor Branco Leone » 20 Jun 2016 19:25

ELCIO escreveu:Como eu não tenho um soprador térmico, comprei uma escova de aço, parecido com esse:
http://www.ferramentaskennedy.com.br/lo ... 5-8-vonder
Elcio,
para a limpeza dessas peças, não vou precisar de grandes "mirabolâncias". Elas só têm mesmo o pó dos séculos acumulado e grudado pela umidade que sobrou do Dilúvio. Uma máscara para poeira é o único equipamento realmente importante a utilizar.
Limpei-as (ao menos o pó mais grosso) com uma escova de aço manual mesmo, parecida com as de escovar cavalo. A peça menor, que já aparece meio limpa na foto, passou por uma roto-orbital, mais pra testar a máquina que pra outra coisa. Mas a limpeza mais profunda será feita na serra de bancada, pois a madeira não merece muita preocupação com economia.

Tenho essas escovas tipo rodela de abacaxi que você sugere, uso-as em vários suportes (politriz, furadeira...). Mas no assunto limpeza de madeira velha, o arsenal (manual e elétrico) é tão vasto que, ao terminar qualquer serviço desses, minha bancada tem mais espaço ocupado por ferramentas do que por peças limpas.



sandrozc escreveu:Para esmerilhadeira eu uso isso: https://www.ferramentaskennedy.com.br/loja/produto/25/40812/escova-tipo-copo-4-ondulada-com-rosca-vonder, mas faz um furdunço de pó na oficina.
Tenho um escova dessas, nunca me dei muito bem com ela (ou não apareceu serviço em que ela fosse mesmo necessária).
Até agora, pra tirar tinta velha (esmalte ou a óleo), nada superou a combinação de soprador térmico/ raspadeira/ lixadeira. O soprador amolece as camadas (às vezes uma a uma, vai entender por quê), as raspadeiras retiram praticamente tudo, até a madeira ficar quase limpa, e só uso a lixadeira pra terminar a tarefa porque, a esta altura, os dedos estão pedindo estepe. Caso contrário eu chegaria na lenha limpa usando as raspadeiras boas.
E quando digo "raspadeiras", refiro-me a uma coleção começa numa faca e termina numa espécie de formão que fiz com uma vanga.

Imagem
Isso bem afiado no esmeril é de fazer tremer uma caçamba!



sandrozc escreveu:Eu ganhei 02 pedaços de Eucalipto...
uma torinha de uns 40 cm de comprimento e 12cm de diâmetro,
uma bolacha de uns a 30 de comprimento e outros 30 de diâmetro...
Adenilson escreveu:Faz um jogo americano.. porta copos ou ainda descanso de panelas, corta as bolachas com uns 2 cms de grossura e une elas com alguma coisa

Fiz uns porta-copos cortando um toco de goiabeira na meia-esquadria, funcionam MUITO bem. Por serem "end-grain", chupam uma água inimaginável. Não sei se, sendo Eucalipto, funcionariam do mesmo jeito, mas ficariam muito mais bonitos, porque a goiabeira é uma madeirinha bem sem graça.

Quanto à peça maior, também arranjei um tocão de Eucalipto medindo 30 de diâmetro por uns 50 de comprimento (ganhei do "motoqueiro" que veio cortar a árvore num vizinho) e não sei o que fazer com ele.
Está secando (e rachando, claro) há mais de meio ano.
Também aceito sugestões (não obscenas) do que fazer com ele.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Avatar do usuário
schneider
Mensagens: 1535
Registrado em: 21 Jun 2011 13:36
Localização: Cruzeiro do Sul(RS)

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor schneider » 20 Jun 2016 20:19

O Branco manda pra cá o que não puder aproveitar. Ah, é muito longe né?
Tem torno? espera esse toco terminar de rachar e bota pra girar.
Quanto as demais madeiras vou falar bem baixinho: chama a arquiteta do Guido que ela acha uma maneira de fazer algo da hora.
Vanga? Bem, aqui chamamos de cavadeira. Mas a idéia é ótima. Dá pra fazer um formãozinho daqueles que Noé usou pros encaixes.

Abraço
Ademir
Avatar do usuário
fguido
Mensagens: 3634
Registrado em: 12 Jun 2011 19:56
Localização: Rio das Ostras - Rio de Janeiro
Contato:

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor fguido » 20 Jun 2016 20:34

kkkkk é isso mesmo Ademir, ainda bem que conheci essa arquiteta, ela tira a minha oficina da mesmice do mdf, mas Branco gostei da caçambada, pena que aqui é dificil de achar uma caçamba com um toquinho de madeira.
Nada no mundo é mais perigoso que a ignorância sincera e a estupidez consciente
Martin Luther King Jr
Quer outra frase legal? - "... uma das coisas mais perigosas do mundo é um ignorante com inciativa....Mário Sérgio Cortella
Avatar do usuário
Branco Leone
Mensagens: 1384
Registrado em: 23 Dez 2015 18:17
Localização: Duas Cidades - SP
Contato:

Re: Da caçamba à... ao...

Mensagempor Branco Leone » 21 Jun 2016 07:38

schneider escreveu:Tem torno?
Já tive e ainda vou voltar a ter.
Pensei em fazer um pilão com este toco, entalhado, não torneado, mas faltam-me as ferramentas (a faca de tanoeiro pra fora e o formão curvo pra dentro).
Eu chego lá.



schneider escreveu:Vanga? Bem, aqui chamamos de cavadeira. Mas a idéia é ótima.
Aqui é vanga ou também cavadeira reta. Só "cavadeira" é aquela dupla, de abrir buracos redondos para enfiar mourões.



schneider escreveu:Dá pra fazer um formãozinho daqueles que Noé usou pros encaixes.
Apesar de grossa e temperada, a vanga é fraca pra essa função. Além disso, o gume da minha ainda é levemente curvo. Mas pra raspar porcaria grossa da madeira, ela é o bicho.
Outra alternativa de lâmina para isso é a usada em algumas picadoras de forragem. Parecem lâminas de desempeno, mas podem ser bem mais grossas, curtas e largas. Como têm dois furos, podem ser facilmente instaladas em algum manete para uso em raspagem. As menores qua achei (com uns 15 cm de largura) custam 40 reais o par.



fguido escreveu:Branco gostei da caçambada, pena que aqui é dificil de achar uma caçamba com um toquinho de madeira.
Aqui também se acha de tudo, de Jacarandá da Bahia a gato morto.
O que determina é o bairro: bairro rico, papa fina; bairro pobre, lixo puro.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Voltar para “Tutoriais e Desafios”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante